AMPCON

Associação Nacional do Ministério Público de Contas

E-mail: geral@ampcon.org.br

Telefones: (61) 3533-6505   |  (61) 99533-5088

Sede: SCN, Quadra 4, Bloco B, Nº 100, Sala 1201.

Asa Norte - Brasília/DF - CEP 70.714-900
Subsede administrativa: Av. Nazaré, Nº 766.

Nazaré - Belém/PA - CEP 66.035-145

AMPCON © 2019

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Termo de ajuste com MPC-RN permite prorrogar contrato temporário de 755 professores

O Ministério Público de Contas do Rio Grande do Norte (MPC-RN) e a Secretaria Estadual de Educação assinaram, nesta quarta-feira (5), um termo de ajustamento de gestão que autoriza a prorrogação emergencial de contrato de 755 professores temporários de Ensino Fundamental e Médio. Os contratos venceram em maio e, segundo o MPC-RN, não haveria tempo hábil para um novo concurso ou efetivação dos convocados na última seleção, de 2011, podendo haver prejuízo para o ano letivo de 2015.

O acordo para prorrogar os contratos dos 755 professores temporários de Ensino Fundamental e Médio foi efetivado com algumas condições pactuadas entre as partes. A Secretaria de Educação só poderá se utilizar dos contratos emergenciais nos casos em que não seja possível suprir a demanda com os candidatos aprovados no concurso de 2011, cuja convocação o Governo do Estado anunciou nesta quarta-feira, ou com a contratação de horas suplementares dos professores da rede estadual de ensino. Além disso, os contratos devem ser prorrogados por um período máximo de seis meses.

A Secretaria Estadual de Educação também se comprometeu, por meio do termo de ajustamento de gestão, a deflagrar num prazo máximo de 90 dias um novo concurso público para ocupar as vagas de professores atualmente em déficit que não possam ser supridas pelo concurso de 2011 e que estejam sendo ocupadas pelos contratos emergenciais e para formação de cadastro de reserva, no intuito de ocupar vagas decorrentes de aposentadorias nos próximos quatro anos.

No último dia 31 de julho, o Ministério Público do Rio Grande do Norte cobrou a contratação de professores e a realização de um concurso para preencher as vagas de professores do ensino fundamental e médio.

FONTE: TRIBUNA DO NORTE






2 visualizações