AMPCON

Associação Nacional do Ministério Público de Contas

E-mail: geral@ampcon.org.br

Telefones: (61) 3533-6505   |  (61) 99533-5088

Sede: SCN, Quadra 4, Bloco B, Nº 100, Sala 1201.

Asa Norte - Brasília/DF - CEP 70.714-900
Subsede administrativa: Av. Nazaré, Nº 766.

Nazaré - Belém/PA - CEP 66.035-145

AMPCON © 2019

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Procuradora do MPC-PR passa para inatividade na carreira

O corpo de procuradores e servidores do Ministério Público de Contas do Paraná (MPC-PR) enalteceram a caminhada da Procuradora Angela Cassia Costaldello e organizaram uma singela confraternização no último dia 12 de março, em razão de sua aposentadoria. O Procurador-Geral Michael Richard Reiner e a Procuradora Célia Kansou falaram em nome do grupo.

Determinada, Angela Cassia Costaldello fez da carreira um espaço dedicado ao conhecimento, aperfeiçoamento e zelo pelo controle do dinheiro público. Elogios não faltaram a ela também durante a sessão do Tribunal Pleno em que comunicou ao TCE o seu desligamento.

A procuradora agradeceu os bons momentos e aos colegas que a ajudaram. Também fez questão de agradecer aos que não colaboraram “pois aprendi muito mais na adversidade”, afirmou. “De todos, guardo profunda gratidão. Levarei a todos no coração e na mente. Muito me honra ter feito parte desta corte”, declarou.

Formada em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), Angela é pós-graduada em Direito Administrativo pela universidade italiana de Milão, mestre e doutora pela UFPR e pós-doutora pela universidade Sorbonne, de Paris. Já ministrou cursos na França, Itália e Espanha. Atualmente é professora de Direito Administrativo na UFPR, na graduação, no mestrado e no doutorado. Integra o Instituto Brasileiro de Direito Administrativo (IBDA) e o Instituto Paranaense de Direito Administrativo (IPDA).

Antes de assumir o cargo no MPC, foi procuradora do Estado do Paraná. Fez concurso e chegou à carreira por uma opção teórica: “Queria conhecer como era feito o controle dentro de um órgão fiscalizador”. Em 2006, chegou ao cargo de procuradora-geral, posto máximo do MPC-PR.

Angela Costaldello participou de vários grupos técnicos, inclusive para o aperfeiçoamento do Tribunal de Contas, como o de atualização do Regimento Interno. A partir da publicação de sua aposentadoria no Diário Eletrônico, ela continuará dando aulas, palestras e orientando monografias. E vai cuidar de si. “Chegamos a um ponto em que a vida pessoal precisa ser prioridade. É aqui que me encontro”, conta.

Angela já enfrentou muitos desafios na vida. Entre eles um câncer, que tratou com altivez e doçura, suas marcas registradas. Pouco depois de terminar o tratamento, afirmou: “Quem se depara com um problema como esse costumeiramente se revolta, pergunta: Deus, por que eu? Eu prefiro perguntar, “por que não eu?”, afirmou, sorrindo. Sempre inspirando.

FONTE: MPC-PR




3 visualizações